PREPARAR O DOMINGO VIGÉSIMO PRIMEIRO

24 DE AGOSTO DE 2014


Isaías 22, 19-23

Eis o que diz o Senhor a Chebna, administrador do palácio: «Vou expulsar-te do teu cargo, remover-te do teu posto. E nesse mesmo dia chamarei o meu servo Eliacim, filho de Elcias. Hei de revesti-lo com a tua túnica, hei de pôr-lhe à cintura a tua faixa, entregar-lhe nas mãos os teus poderes. E ele será um pai para os habitantes de Jerusalém e para a casa de Judá. Porei aos seus ombros a chave da casa de David: há de abrir, sem que ninguém possa fechar; há de fechar, sem que ninguém possa abrir. Fixá-lo-ei como uma estaca em lugar firme e ele será um trono de glória para a casa de seu pai».



Porei aos seus ombros a chave da casa de David


Este texto — primeira leitura do vigésimo primeiro domingo, ano A — fala de um mau administrador e de um bom administrador. Faz-nos entrar nas tensões internas da casa real de Jerusalém. É uma prova de que a palavra de Deus incarna realmente na vida do povo de Deus. Contrasta dois oficiais que ocupam o cargo de chanceler, isto é, o homem que tem a máxima responsabilidade a seguir ao rei.
A narração compara Chebna, que é condenado e recusado por más ações, com Eliacim, que é elogiado e aprovado como pessoa fiel e eficaz. O texto oferece-nos uma reflexão sobre o uso sábio ou irresponsável do poder público.
Não obstante, parece que a leitura vai mais além da dimensão histórica imediata e que fala da vinda do «bom administrador» no futuro de Jerusalém. A referência a «esse dia» é um uso profético para antecipar um futuro que ainda não está ao alcance. Este administrador bom «será um pai para os habitantes de Jerusalém». O texto profético antecipa um tempo «em lugar firme» e «será um trono de glória para a casa de seu pai». O administrador terá a «chave» do palácio real; isto significa que terá o controlo completo e determinará o acesso aos órgãos oficiais de poder. O texto de Mateus 16, 19 recolhe esta ideia que confia a Pedro a completa supervisão da casa da Igreja.

© Joan Ferrer, Misa dominical
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2014
A utilização ou publicação deste texto precisa da prévia autorização do autor

Preparar o domingo vigésimo primeiro (Ano A), no Laboratório da fé, 2014

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 18.8.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários