VIVER O DOMINGO VIGÉSIMO SEGUNDO

31 DE AGOSTO DE 2014


Evangelho segundo Mateus 16, 21-27

Naquele tempo, Jesus começou a explicar aos seus discípulos que tinha de ir a Jerusalém e sofrer muito da parte dos anciãos, dos príncipes dos sacerdotes e dos escribas; que tinha de ser morto e ressuscitar ao terceiro dia. Pedro, tomando-O à parte, começou a contestá-l’O, dizendo: «Deus Te livre de tal, Senhor! Isso não há-de acontecer!». Jesus voltou-Se para Pedro e disse-lhe: «Vai-te daqui, Satanás. Tu és para mim uma ocasião de escândalo, pois não tens em vista as coisas de Deus, mas dos homens». Jesus disse então aos seus discípulos: «Se alguém quiser seguir-Me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me. Pois quem quiser salvar a sua vida há de perdê-la; mas quem perder a sua vida por minha causa, há de encontrá-la. Na verdade, que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua vida? Que poderá dar o homem em troca da sua vida? O Filho do homem há-de vir na glória de seu Pai, com os seus Anjos, e então dará a cada um segundo as suas obras».



Ideias preconcebidas


No caminho do seguimento de Jesus precisamos de deixar as nossas ideias preconcebidas de felicidade («renuncie a si mesmo») e abraçar as que são oferecidas pelos Mestre («há de encontrá-la»).
Normalmente, os nossos valores e seguranças são postos em determinados símbolos culturais (honra, reconhecimento, poder...) que em lugar de nos assegurarem a vida plena tiram-no-la. O Evangelho convida-nos a libertarmo-nos destes condicionantes e viver a fé pura em Deus que é Amor. Só a confiança nesse Amor nos permite deixar o que nos impede de abrir o nosso coração a um amor universal e sem condições.
O convite do Senhor é a amar e a confiar sem limites. A dinâmica de Jesus ajuda-nos a abraçar a cruz de cada dia e a segui-lo pelo caminho das bem-aventuranças, fonte da autêntica felicidade que se expande com a força da autenticidade e da entrega.

Senhor, 
guia-nos pelo caminho que leva à vida
e que nos assegura a felicidade de não perder a vida, 
mas de a ganhar no encontro contigo.

© Kamiano
© desenho de Patxi Velasco Fano — texto de Fernando Cordero
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2014
A utilização ou publicação deste texto precisa da prévia autorização do autor

Viver o domingo vigésimo segundo (Ano A), no Laboratório da fé, 2014

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 31.8.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários