VIVER O DOMINGO DÉCIMO SÉTIMO

27 DE JULHO DE 2014


Evangelho segundo Mateus 13, 44-52

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «O reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido num campo. O homem que o encontrou tornou a escondê-lo e ficou tão contente que foi vender tudo quanto possuía e comprou aquele campo. O reino dos Céus é semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. Ao encontrar uma de grande valor, foi vender tudo quanto possuía e comprou essa pérola. O reino dos Céus é semelhante a uma rede que, lançada ao mar, apanha toda a espécie de peixes. Logo que se enche, puxam-na para a praia e, sentando-se, escolhem os bons para os cestos e o que não presta deitam-no fora. Assim será no fim do mundo: os Anjos sairão a separar os maus do meio dos justos e a lançá-los na fornalha ardente. Aí haverá choro e ranger de dentes. Entendestes tudo isto?» Eles responderam-Lhe: «Entendemos». Disse-lhes então Jesus: «Por isso, todo o escriba instruído sobre o reino dos Céus é semelhante a um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e coisas velhas».



Jogo de pistas


«O reino dos Céus é semelhante a um tesouro...». Quantas crianças e adultos jogam à caça ao tesouro através de provas e dos mais divertidos jogos! Na vida passa-se quase o mesmo. O que acontece é que não damos conta de que o tesouro está mais próximo do que pensamos. Passa despercebido. Temos de ser bons «caçadores» de pistas para encontrar Aquele que enche de alegria a nossa vida. Um bom exercício para encontrar o tesouro pode ser o reconhecimento de exemplos de possíveis pistas onde o podemos encontrar: «O reino dos Céus é semelhante ao doente que encheu de esperança todos os que estavam ao seu redor», «o reino dos Céus é semelhante às pessoas de uma aldeia de África», «o reino dos Céus é semelhante a uma empresária generosa que age mais com o coração do que com os critérios da empresa», «o reino dos Céus é semelhante a um jornalista honrado e solidário, que faz o seu trabalho com princípios éticos e com alto rendimento»...
O reino dos Céus torna-se presente numa pérola de valor incalculável: a Eucaristia. No inverno, no verão, em todos os momentos: participemos no banquete do Pão da Vida!

Senhor, 
que eu não deixe de te encontrar 
nos grandes e pequenos tesouros 
que cada dia pões ao meu alcance.

© Kamiano
© desenho de Patxi Velasco Fano — texto de Fernando Cordero
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2014
A utilização ou publicação deste texto precisa da prévia autorização do autor

Viver o domingo décimo sétimo (Ano A), no Laboratório da fé, 2014

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 28.7.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários