REZAR O DOMINGO OITAVO DE PÁSCOA – PENTECOSTES

8 DE JUNHO DE 2014


Evangelho segundo João 20, 19-23

Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se encontravam, com medo dos judeus, veio Jesus, apresentou-Se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco». Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos ficaram cheios de alegria ao verem o Senhor. Jesus disse-lhes de novo: «A paz esteja convosco. Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós». Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: «Recebei o Espírito Santo: àqueles a quem perdoardes os pecados ser-lhes-ão perdoados; e àqueles a quem os retiverdes ser-lhes-ão retidos».



Segunda, 2: MEDOS A OFERECER

...



Terça, 3: PAZ OFERECIDA

....



Quarta, 4: VIDA OFERECIDA

....



Quinta, 5: PAZ OFERECIDA (BIS)

«Jesus disse-lhes de novo: 'A paz esteja convosco'». Eu também preciso de escutar de novo esta saudação; e preciso de escutá-la diariamente. Diante dos perigos da vida, dos conflitos que surgem ou por causa da fadiga, perde-se facilmente a paz do coração. Mas esta segunda vez, a paz oferecida está unida a um envio em missão. E Jesus recorda que os envia porque também foi enviado pelo Pai. Ora, a paz vem do Pai. Por isso, hoje peço ao Pai para receber a sua paz e para a partilhar com as pessoas que vou encontrar ao longo deste dia.



Sexta, 6: ESPÍRITO SANTO OFERECIDO

No dia da Ressurreição, os discípulos fazem uma experiência plenamente trinitária: o próprio Jesus vem ao encontro deles, envia-os em nome do Pai e dá-lhes o Espírito Santo. Jesus nunca age sozinho: introduz os discípulos na sua própria experiência no coração da Trindade. Como é que eu acolho esta realidade trinitária na minha vida? Peço ao Espírito que me conduza nos encontros e nas atividades deste dia.



Sábado, 7: PERDÃO OFERECIDO

Jesus entrega uma grande responsabilidade aos discípulos: «àqueles a quem perdoardes os pecados...; e àqueles a quem os retiverdes...». Como se pode reter os pecados? A misericórdia de Deus não está antes de tudo e para todos? Sim, evidentemente. Mas os apóstolos não são cegos «distribuidores» do perdão: um discernimento, um diálogo, impõe-se de cada vez, para reconhecer se o perdão que Deus sempre oferece é acolhido com verdade e com um arrependimento sincero. Hoje, preparo-me para receber o perdão.



Domingo, 8: IDE EM PAZ

Na missa, o padre diz várias vezes: «O Senhor esteja convosco!». Esta fórmula não é indiferente. Recorda-nos a iniciativa do Senhor que vem ao nosso encontro como no primeiro dia. Esta fórmula é, ao mesmo tempo, uma tomada de consciência («Ele está no meio de nós») e um pedido («Vem, Senhor»). E, depois, antes da comunhão e no momento do envio, a fórmula muda. É-nos dito: «A paz esteja convosco» e «Ide em paz e o Senhor vos acompanhe». Estas fórmulas exprimem a mesma coisa: a presença do Senhor é sempre acompanhada pela paz que é sinal da presença do Espírito. Esta semana, procuremos descobrir a presença do Senhor e a vida espiritual. Sejamos artífices da sua paz à nossa volta.



© www.versdimanche.com
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2014

Rezar o domingo oitavo de Páscoa - Pentecostes (Ano A), no Laboratório da fé, 2014

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 2.6.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários