VIVER A QUARESMA

Quaresma de fé

Voltará a ter piedade de nós

A nova situação é possível, porque Deus «perdoa o pecado e absolve a culpa», «prefere a misericórdia». Que bela imagem de Deus! Que esperança de vida nova nos infunde! Deus leva a sério o perdão. > > >

Quando o pai o viu: 

encheu-se de compaixão 

e correu a lançar-se-lhe ao pescoço, cobrindo-o de beijos

Interessante o contexto em que Lucas situa a parábola: o acolhimento de Jesus aos publicanos e aos pecadores: «Este homem acolhe os pecadores e come com eles». Uma prova excelente de acolhimento é a mesa partilhada. Com a parábola do pai misericordioso, Jesus está a dar-lhes a resposta: acolhe os pecadores, porque o Pai também os acolhe. E Ele veio para fazer a vontade do Pai. > > >

Seguir Jesus Cristo

Certo homem tinha dois filhos

Quanto Jesus conta a parábola do filho regresado a casa, mostra como um pai pode ser pródigo de perdão. E, neste pai da parábola, reconhece-se Deus. Nenhuma falta pode afastar o perdão do Pai. Podemos substituir-nos a este filho que delapidou a herança e levou uma vida desordenada. Paciente, generoso com o seu perdão, o pai espera que ele regresse. > > >

Rezar na Quaresma

Estava perdido e foi reencontrado

Pai, sou o teu filho perdido. Deixei para trás a tua alegria, a tua companhia. Enganei-me e pensei que podia ser feliz longe de Ti. Recusei a tua ternura e preferi apostar no meu egoísmo. Pai, estou perdido sem Ti. > > >

Estava perdido e foi reencontrado

Esquecemos o essencial e pusemos o nosso desejo na posse das coisas e no domínio sobre os outros. Reduzimos a ternura à medida do nosso egoísmo. Deixamos de lado a fraternidade e ficámos prisioneiros da mesquinhez. Estamos perdidos, sem rumo, desnorteados. > > >

Quaresma, Ano A, Laboratório da fé, 2014
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 22.3.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários