VIVER A QUARESMA

Quaresma de fé

Qual é a grande nação que tem a divindade tão perto de si?

Uma exortação de Moisés para escutar os mandamentos do Senhor, antes de entrar na terra prometida. Uma exortação atualizada para o povo, no tempo em que se escreve o Deuteronómio. Os mandamentos e decretos do Senhor são para ser cumpridos. Não serve ficar apenas pela escuta passiva. Uma escuta autêntica significa já obediência. > > >

Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim revogar, mas completar

Jesus não supõe uma rutura com o Antigo Testamento. Ele é o cume e a plenitude da Revelação. Com Ele, o Antigo Testamento converte-se em promessa, mas não perde a validade. Isto vale também para os mandamentos. > > >

Seguir Jesus Cristo

Se alguém transgredir um só destes mandamentos

Jesus não está contra a Lei. Ele próprio diz: «Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim revogar, mas completar». Obedecer à Lei é fazer a vontade de Deus. É observar o duplo mandamento do amor a Deus e ao próximo. > > >

Rezar na Quaresma

Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas...

Ajuda-me a ser fiel. A não hesitar diante do teu amor. Quero ficar nesta aliança de amor e ternura conTigo. Com todo o meu coração, com toda a energia de que sou capaz. > > >

Aquele que praticar estes mandamentos e os ensinar será grande no reino dos Céus

Somos alérgicos a regras e mandamentos. Gostamos, cada um, de fazer o que lhe apetece. E preferimos não ver que uma vida sem valores não vai a lado nenhum. Limita-se a andar à roda do seu próprio prazer enquanto usa e explora os outros. > > >

Quaresma, Ano A, Laboratório da fé, 2014
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 26.3.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários