MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA O DIA MUNDIAL DA PAZ


Resumo do número 1
A temática da fraternidade — «fundamento e caminho para a paz» — preenche a (primeira) Mensagem do papa Francisco para o Dia Mundial da Paz. A fraternidade, «dimensão essencial» de qualquer ser humano, habita o coração de quem percebe na comunhão o único caminho possível para a «construção duma sociedade justa, duma paz firme e duradoura». A educação para a fraternidade, que tem de começar na família («fonte de toda a fraternidade»), ensina a ver no outro um irmão que «devemos acolher e abraçar», nunca um inimigo ou corrente. No contexto atual, embora pareça haver uma maior «proximidade» entre todos, o que se constata é uma «’globalização da indiferença’ que lentamente nos faz ‘habituar’ ao sofrimento alheio, fechando-nos em nós mesmos». Recordando palavras de Bento XVI, confirma-se que a globalização «torna-nos vizinhos, mas não nos faz irmãos». Por isso, continuam a verificar-se constantes atropelos aos direitos humanos fundamentais (vida, religião). «Às guerras feitas de confrontos armados juntam-se guerras menos visíveis, mas não menos cruéis, que se combatem nos campos económico e financeiro com meios igualmente demolidores de vidas, de famílias, de empresas». Estamos num tempo em que parece predominar um conceito «pragmático e egoísta» de convivência humana, uma «mentalidade do ‘descartável’». Então, para alcançar uma verdadeira fraternidade entre todos é preciso aceitar a existência de uma «paternidade transcendente».

© Laboratório da fé, 2014



  • Texto completo da Mensagem > > >



Fraternidade, fundamento e caminho para a paz, Laboratório da fé, 2014
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 1.1.14 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários