PREPARAR O DOMINGO TRIGÉSIMO SEGUNDO


Jesus apresenta-nos, no evangelho proposto para o trigésimo segundo domingo (Ano C), o Deus da vida. A pergunta mal-intencionada dos saduceus dá a possibilidade de nos falar de um Deus que «não é um Deus de mortos, mas de vivos». O Deus de Jesus é um Deus que está sempre ao lado do seu povo, é «o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacob», um Deus que se faz presente na história do seu povo, um Deus próximo, um Deus de vida.
Deus ama cada um de nós de uma forma singular, individual, pessoal. Por isso, faz-se presente nas nossas vidas, no nosso quotidiano, na nossa história pessoal, mas também na comunitária e eclesial. Por isso, por amor, deseja que desfrutemos eternamente do seu amor, do amor partilhado, pleno, total.
Esta visão da outra vida não tem nada de alienante, mas tudo ao contrário. É uma vida que se apresenta em continuidade com esta, pois só assim tem sentido. Deus faz-se presente nas nossas vidas, aqui e agora, e dá-nos a possibilidade de viver segundo o seu plano amoroso. Significa que, com a minha vida, começo já a partilhar esse amor com os outros, com cada homem e cada mulher, que considero meus irmãos; dessa forma é antecipação da Vida, com maiúsculas, onde o amor será a única porta de entrada possível.

© Javier Velasco-Arias

© La Biblia compartida — blogue de Javier Velasco-Arias y Quique Fernández
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2013
A utilização ou publicação deste texto precisa da prévia autorização do autor



  • Rezar o domingo a partir do evangelho > > >



Preparar o domingo trigésimo segundo, Ano C, no Laboratório da fé

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 7.11.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários