Palavra para hoje: vigésimo quinto domingo


A Liturgia da Palavra começa com uma breve e violenta passagem do livro de Amós. Uma verdadeira bomba é apresentada, hoje, como no oitavo século antes de Jesus Cristo. Amós, o primeiro profeta «escritor», é criador de gado, pelo que conhece bem em que consiste o enriquecimento dos ricos em detrimento dos pobres. E revolta-se... como Deus se revolta: «Nunca esquecerei nenhuma das suas obras». Deus não despreza os homens e mulheres com poder. Paulo, hoje, recorda o dever de rezar por todos. O que Deus não suporta é a injustiça para com os mais pequenos, os desfavorecidos. É o que Deus nos reprova pela boca de Jesus Cristo, é a nossa escravidão a um engodo: Não podeis servir a Deus e ao dinheiro».

Pergunta da semana: 

Vivo para Deus ou para o dinheiro?

Palavra de Deus - Lectio divina - imagem de fano
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 23.9.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários