PROPOSTA PARA O DÉCIMO SÉTIMO DOMINGO


Ao longo de várias semanas, seguindo a proposta de Miquel Raventós, na revista «Misa dominical», sugerimos um texto relacionado com o II Concílio do Vaticano para ser lido na eucaristia dominical: no final da homilia ou no silêncio da comunhão ou quando parecer mais oportuno...

O papa Paulo VI, no discurso de abertura do quarto período conciliar, no dia 10 de outubro de 1965, renova o seu olhar afetuoso para com o mundo de hoje: «O Concílio Ecuménico oferece à Igreja, a visão panorâmica do mundo. Esta contemplação será um dos factos principais desta sessão do nosso Concílio; depois, sobretudo depois, estará presente o amor; o amor pelos homens e mulheres de hoje, como são e onde estão, isto é, por todos. Na verdade, sentem e procedem doutro modo aqueles que estabelecem princípios bem diversos para promover a civilização humana, como são o poder, a riqueza, a ciência, a luta, os interesses particulares. A Igreja, porém, proclama a necessidade do amor. O Concílio é um ato público e solene de amor à humanidade. Cristo nos assista, para que assim seja a verdade».
Mais adiante, anuncia a instauração do Sínodo dos Bispos: «Alegramo-nos de vos comunicar, da instituição, desejada pelo Concílio, dum Sínodo dos Bispos, [...] que será convocado, segundo as necessidades da Igreja».
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2013



  • Outros textos relacionados com esta proposta
    [1[2[3] [4] [5] [6] [7] [8]

Ano da fé (2012-2013), Papa Francisco
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 27.7.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários