Quarta-feira da sétima semana


Evangelho segundo Marcos 9, 38-40

Naquele tempo, João disse a Jesus: «Mestre, nós vimos um homem a expulsar os demónios em teu nome e procurámos impe-dir-lho, porque ele não anda connosco». Jesus respondeu: «Não o proibais; porque ninguém pode fazer um milagre em meu nome e depois dizer mal de Mim. Quem não é contra nós é por nós».

Quem não é contra nós é por nós

Há quem pense que aqueles e aquelas que não estão de acordo connosco estão contra nós! Até na Igreja isso acontece: quem não pensa como o Papa ou os Bispos é considerado um inimigo. Mas Jesus Cristo não pensa nem age dessa forma. Jesus Cristo ensina que tudo o que é bom é favorável, é a nossa favor.
«Quem não é contra nós é por nós» — afirma —, depois de dizer ao discípulos para não proibir de fazer o bem, embora aquele homem não seja do grupo dos discípulos. Parece que a religião tem uma propensão inata para excluir, para marginalizar. E daí nascem a intolerância, a perseguição, o sofrimento e até a condenação à morte, supostamente em nome de Deus. Jesus Cristo tem uma proposta diferente: contra a exclusão sugere a inclusão; contra a marginalização sugere o acolhimento
Isto significa que vale tudo em termos religiosos? Não. Mas enquanto não for capaz de amar o outro seja ele quem for, não serei capaz de percebem o que significa acreditar no Deus de Jesus Cristo
Além disso, não podemos ignorar que o bem é sempre uma coisa boa. Uma vida diária «com Espírito» consiste em ter consciência de que o bem que me rodeia é sempre favorável.

© Laboratório da fé, 2013

Pentecostes e Sétima semana, no Laboratório da fé, 2013


Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 22.5.13 | Sem comentários
Categorias: ,
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários