Maria, Mãe da Igreja


É a primeira vez que um Concílio Ecuménico apresenta síntese tão vasta da doutrina católica acerca do lugar que Maria Santíssima ocupa no mistério de Cristo e da Igreja. A reflexão sobre as estreitas relações de Maria com a Igreja, tão claramente estabelecidas pela Constituição conciliar, faz-nos pensar ser este o momento mais solene e mais apropriado para uma declaração explícita da função maternal que a Virgem exerce sobre o povo cristão. Para glória da Virgem e para nosso conforto, proclamamos Maria Santíssima «Mãe da Igreja», isto é, de todo o Povo de Deus, tanto dos fiéis como dos pastores, que lhe chamam Mãe amorosíssima; e queremos que com este título suavíssimo seja a Virgem doravante honrada e invocada por todo o povo cristão (cf. Paulo VI, Discurso a 21 de novembro de 1964).

Mistérios a partir do discurso do Papa Paulo VI


  • PRIMEIRO MISTÉRIO: MARIA, MÃE DA IGREJA
Assim como a maternidade divina é o fundamento da especial relação de Maria com Cristo e da sua presença na economia da salvação operada por Jesus Cristo, assim também constitui essa maternidade o fundamento principal das relações de Maria com a Igreja, sendo Ela Mãe d'Aquele que, desde o primeiro instante da Sua Encarnação no seu seio virginal, uniu a si, como Cabeça, o seu Corpo místico, que é a Igreja. Maria, pois como Mãe de Cristo, também é Mãe dos fiéis e dos pastores todos, isto é, da Igreja (Paulo VI, Discurso a 21 de novembro de 1964).

  • SEGUNDO MISTÉRIO: MARIA ESTÁ PERTO DE NÓS
É com ânimo cheio de confiança e de amor filial que elevamos o olhar para Maria. Ela, que em Jesus nos deu a fonte da graça, não deixará de socorrer a Igreja. E ainda mais reavivada e corroborada é a nossa confiança se consideramos os laços estreitíssimos que ao género humano prendem esta nossa Mãe celeste. Embora na riqueza das admiráveis prerrogativas com que Deus a exornou para a fazer digna Mãe do Verbo Encarnado, está Ela, todavia, pertíssimo de nós (Paulo VI, Discurso a 21 de novembro de 1964).

  • TERCEIRO MISTÉRIO: MARIA É PERFEITA DISCÍPULA DE JESUS CRISTO
Maria realizou a perfeita figura do discípulo de Cristo, espelho de todas as virtudes, e encarnou as bem-aventuranças evangélicas. Pelo que, nela, toda a Igreja, na sua incomparável variedade de vida e de obras, acha a forma autêntica de perfeita imitação de Cristo. Auguramos, pois, que, com a promulgação da Constituição sobre a Igreja, selada pela proclamação de Maria Mãe da Igreja, o povo cristão se dirija à Virgem santa com maior confiança e ardor, e a Ela tribute o culto e a honra que lhe competem (Paulo VI, Discurso a 21 de novembro de 1964).

  • QUARTO MISTÉRIO: MARIA É MODELO DE FÉ
Cada um de vós empenhe-se em manter alto entre o povo cristão o nome e a honra de Maria, aponte nela o modelo da fé e da plena correspondência a todo o convite de Deus, o modelo da plena assimilação ao ensino de Cristo e da sua caridade, a fim de que, unidos em nome da Mãe comum, sintam-se sempre todos os fiéis mais firmes na fé e na adesão a Jesus Cristo, e ao mesmo tempo mais fervorosos na caridade para com seus irmãos, promovendo o amor aos pobres, o apego à justiça, a defesa da paz (Paulo VI, Discurso a 21 de novembro de 1964).

  • QUINTO MISTÉRIO: MARIA CONDUZ PARA DEUS
Maria, humilde serva do Senhor, é toda relativa a Deus e a Cristo, único mediador e Redentor nosso. E igualmente sejam ilustradas a verdadeira natureza e as intenções do culto mariano na Igreja, de modo que os que não fazem parte da comunidade católica compreendam que, longe de ser fim em si mesma, a devoção a Maria é, ao contrário, meio essencialmente ordenado a orientar as almas para Cristo, e assim uni-Ias ao Pai, no amor do Espírito Santo (Paulo VI, Discurso a 21 de novembro de 1964).

  • ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS > > >
  • TEMA GERAL DO MÊS DE MARIA 2013 > > >
© Laboratório da fé, 2013

Maio, mês de Maria, 2013 — Laboratório da fé
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 30.5.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários