Maria no Ano da Fé


«Será decisivo repassar, durante este Ano da Fé, a história da nossa fé [...]. Ao longo deste tempo, manteremos o olhar fixo sobre Jesus Cristo [...]. Pela fé, Maria acolheu a palavra do Anjo e acreditou no anúncio de que seria Mãe de Deus na obediência da sua dedicação (cf. Lucas 1, 38). Ao visitar Isabel, elevou o seu cântico de louvor ao Altíssimo pelas maravilhas que realizava em quantos a Ele se confiavam (cf. Lucas 1, 46-55). Com alegria e trepidação, deu à luz o seu Filho unigénito, mantendo intacta a sua virgindade (cf. Lucas 2, 6-7). Confiando em José, seu Esposo, levou Jesus para o Egipto a fim de O salvar da perseguição de Herodes (cf. Mateus 2, 13-15). Com a mesma fé, seguiu o Senhor na sua pregação e permaneceu a seu lado mesmo no Gólgota (cf. João 19, 25-27). Com fé, Maria saboreou os frutos da ressurreição de Jesus e, conservando no coração a memória de tudo (cf. Lucas 2, 19.51), transmitiu-a aos Doze reunidos com Ela no Cenáculo para receberem o Espírito Santo (cf. Atos dos Apóstolos 1, 14; 2, 1-4)» (Bento XVI, «A Porta da Fé», 13).


Mistérios a partir do texto evangélico das Bodas de Caná


  • PRIMEIRO MISTÉRIO: O TERCEIRO DIA
«Ao terceiro dia, realizou-se um casamento em Caná da Galileia e estava lá a Mãe de Jesus». A narração deste episódio começa com uma indicação cronológica — «ao terceiro dia» — que nos faz lembrar o acontecimento central da nossa fé: a ressurreição de Jesus Cristo. Na Bíblia, o terceiro dia expressa a novidade da ação de Deus. Por isso, segundo o evangelista João, Jesus Cristo começa a sua missão, ao terceiro dia. Eis que se inicia um tempo novo, uma nova ação de Deus no mundo!

  • SEGUNDO MISTÉRIO: O CASAMENTO
«Jesus e os seus discípulos foram também convidados para o casamento». «Porque será que o quarto evangelho começa a descrever a atividade de Jesus com um facto aparentemente tão profano como uma boda? [...] A ocasião desta revelação do mistério de Jesus é dada por uma realidade muito humana, ou seja, por um banquete de casamento, em que Jesus se integra com naturalidade. Esta festa recorda-nos a alegria da festa prometida aos discípulos de Jesus» (Carlo Maria Martini, «Tomados de Assombro: Um grande testamento espiritual», Paulinas, Prior Velho 2013).

  • TERCEIRO MISTÉRIO: O VINHO
«A certa altura faltou o vinho. Então a Mãe de Jesus disse-Lhe: ‘Não têm vinho’». Maria não pede nada. Apenas apresenta a Jesus a dificuldade em que se encontram aqueles amigos. Maria confia plenamente na ação de Jesus Cristo. Na Bíblia, o vinho é símbolo de alegria, de amizade, de amor, de festa. «A falta de vinho é tudo aquilo que fecha, endurece, cria suspeita, tristeza, melindre, suscetibilidade, litigiosidade, mau humor, pessimismo, crítica corrosiva, acidez» (Carlo Maria Martini, «A alegria do Evangelho», Edições Paulistas, Lisboa 1992).

  • QUARTO MISTÉRIO: A HORA
«Jesus respondeu-Lhe: ‘Mulher, que temos nós com isso? Ainda não chegou a minha hora’». A resposta de Jesus Cristo anuncia uma novidade. O evangelista está constantemente a fazer referência à «hora» de Jesus Cristo. É o acontecimento da Cruz e da Ressurreição. Neste momento, Jesus Cristo ensina que a realização plena não vai ser imediata. Mas está próxima. O verdadeiro vinho de que precisam os seus amigos depende dessa «hora»: a Morte e Ressurreição.

  • QUINTO MISTÉRIO: O AGIR
«Sua Mãe disse aos serventes: ‘Fazei tudo o que Ele vos disser’». «Esta breve frase contém o programa de vida que Maria realizou como primeira discípula do Senhor. É um programa de vida que se apoia num fundamento sólido que tem um nome: Jesus. [...] Construí a vossa vida sobre o fundamento que é Jesus. Desejo que a vossa meditação sobre o mistério de Maria vos leve a imitar a sua maneira de viver. Aprendei com ela a escutar e a pôr em prática a Palavra de Deus» (João Paulo II, Mensagem para o Dia Mundial da Juventude de 1988).

  • ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS > > >
  • TEMA GERAL DO MÊS DE MARIA 2013 > > >
© Laboratório da fé, 2013

Maio, mês de Maria, 2013 — Laboratório da fé


Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 2.5.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários