Quinta-feira da quinta semana de Páscoa


Evangelho segundo João 15, 9-11

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Assim como o Pai Me amou, também Eu vos amei. Permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como Eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. Disse-vos estas coisas, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa».

A vossa alegria seja completa

A alegria faz bem à saúde. A alegria é um desejo de todos os humanos: ser felizes, isto é, viver com alegria. Apesar disso, há sempre alguns que até parece preferirem a tristeza. Para esses, a alegria e o bom humor são incompatíveis com a seriedade na vida. E, dessa forma, estar de cara séria tornou-se o contrário de estar a sorrir, estar alegre. Este «vírus» também entrou na religião!
Jesus Cristo entrega aos seus discípulos a plenitude da alegria. «A vossa alegria seja completa». A alegria completa que Jesus Cristo transmite aos seus amigos é a felicidade desejada por todos os seres humanos. É preciso medir os níveis de alegria que estão no nosso sangue, que nos habitam, para compreender qual é o estado da nossa vida cristã ressuscitada. «A alegria constitui um sinal de fé» (James Martin, «Deus Ri. Alegria, humor e riso na vida espiritual», Sinais de Fogo, Lisboa 2012, 112). Não podemos esquecer as indicações dadas pelo nosso médico de família: Jesus Cristo.
Ora, ao falar de alegria, Jesus fala também do amor. São duas atitudes de vida fundamentais. Um amor praticado segundo o Evangelho traduz-se em alegria completa. Os ensinamentos de Jesus sobre o amor têm como finalidade conduzir os seus discípulos para a alegria completa, plena. 
As atitudes de vida não se podem impor. Elas transmitem-se por contágio! Jesus Cristo quer que os seus discípulos vivam no amor e na alegria. E dessa forma sejam capazes de contagiar os outros. A missão dos cristãos é evangelizar com alegria!

© Laboratório da fé, 2013

João 20, 20 - www.laboratoriodafe.net
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 2.5.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários