Mês de maio, Mês de Maria


Oração a partir do texto da Lumen Gentium 57

Virgem Maria, Mãe de Jesus:
quero contemplar a união que viveste com teu Filho,
na obra da Redenção, desde o momento
em que Ele foi concebido virginalmente no teu seio,
até à sua morte na cruz.

Primeiro, quando te dirigiste, pressurosa, a visitar Isabel,
e tua prima te proclamou «bem-aventurada»
por teres acreditado na salvação prometida;
e João, o precursor, estremeceu de alegria
no seio de sua mãe.
Ave, Maria, cheia de graça! 
O Senhor está contigo! 
Tu és bendita entre as mulheres 
e bendito é Jesus, o fruto do teu ventre! 

Depois, no nascimento:
quando tu, Mãe de Deus, cheia de alegria,
mostraste aos pastores e aos magos o teu Filho primogénito,
que não diminuiu, mas sim consagrou
a tua integridade virginal.
Ave, Maria, cheia de graça! 
O Senhor está contigo! 
Tu és bendita entre as mulheres 
e bendito é Jesus, o fruto do teu ventre! 

E também quando, ao apresentá-lo no templo ao Senhor,
ofereceste o resgate dos pobres
e ouviste Simeão profetizar que esse Filho
havia de ser sinal de contradição
e que uma espada atravessaria a tua alma de Mãe,
a fim de se revelarem
os pensamentos de muitos corações.
Ave, Maria, cheia de graça! 
O Senhor está contigo! 
Tu és bendita entre as mulheres 
e bendito é Jesus, o fruto do teu ventre! 

Finalmente, quando Tu e José,
depois de terdes procurado, com tanta dor, o Menino Jesus perdido,
o encontrastes no templo, ocupado nas coisas de seu Pai.
Vós não entendestes a resposta que Ele vos deu;
mas Tu guardavas e meditavas todas estas coisas no teu coração de Mãe.
Ave, Maria, cheia de graça! 
O Senhor está contigo! 
Tu és bendita entre as mulheres 
e bendito é Jesus, o fruto do teu ventre!

© Lopes Morgado

Maio, mês de Maria, 2013 — Laboratório da fé
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 14.5.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários