Terça-feira da quarta semana de Páscoa


Evangelho segundo João 10, 22-30

Naquele tempo, celebrava-se em Jerusalém a festa da Dedicação do templo. Era inverno e Jesus passeava no templo, sob o Pórtico de Salomão. Então os judeus rodearam-n’O e disseram: «Até quando nos vais trazer em suspenso? Se és o Messias, diz- nos claramente». Jesus respondeu-lhes: «Já vo-lo disse, mas não acreditais. As obras que Eu faço em nome de meu Pai dão testemunho de Mim. Mas vós não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas. As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me. Eu dou-lhes a vida eterna e nunca hão-de perecer, ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que Mas deu, é maior do que todos e ninguém pode arrebatar nada da mão do Pai. Eu e o Pai somos um só».

Não acreditais

Há muitos que se dizem cristãos, dizem que seguem o caminho de Jesus Cristo, mas não se mexem, não andam, não correm, não percorrem o caminho de uma vida ressuscitada. E assim não há movimento! 
Estar parado, ficar parado, é sinal de que não se quer ir a lado nenhum. Manifesta o medo que temos em perder o lugar ou a cadeira em que estamos confortavelmente instalados. Jesus Cristo interpela-nos, mas não acreditamos na validade da sua proposta.
«Já vo-lo disse, mas não acreditais. [...] Vós não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas». Jesus Cristo não responde com títulos, como pretendiam os judeus. A resposta é dada com a sua ação, com as obras. Não são os títulos (mesmo que religiosos) que nos aproximam de Jesus Cristo. O que faz de nós (ou não) discípulos de Jesus Cristo é a nossa maneira de viver, a nossa conduta pessoal e comunitária. 
Uma vida ressuscitada precisa de exercício, de atividade (desportiva). Implica seguir as indicações do treinador, Jesus Cristo, sem fazer caso de outras propostas ou exemplos dados por aqueles que não pertencem ao seu rebanho. As ovelhas estão sempre em movimento, à procura do melhor pasto; e, claro, sem perder a referência do pastor, que também anda sempre em busca do melhor para as suas ovelhas

© Laboratório da fé, 2013

João 20, 20 - www.laboratoriodafe.net
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 23.4.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários