Palavra para hoje: terceiro domingo de Páscoa


A nossa vida inscreve-se na história dos filhos de Abraão, onde tem lugar a Páscoa de Jesus Cristo. Pedro lembra-o: «O Deus dos nossos pais ressuscitou Jesus». Fez dele «Chefe e Salvador, a fim de conceder a Israel o arrependimento e o perdão dos pecados». Quanto a nós, a fé em Jesus Cristo torna-nos filhos de Abraão, reunidos em Igreja. Uma Igreja que vive no duplo ritmo das perseguições e da visão do Cordeiro imolado que João contempla na liturgia triunfal. Esta liturgia conjuga-se com a simplicidade do encontro nas margens do lago de Tiberíades. Aí se revela o mistério: o Crucificado, «digno [...] de receber [...] a glória e o louvor», amou-nos até à morte e nada mais pede senão o direito de colocar a questão: «Amas-Me?».
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 14.4.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários