Histórias, contos e reflexões... fusão entre Ana Caridade e Julinha


fusão entre Ana Caridade e Julinha

É tão importante quando me olhas nos olhos e consegues ver a minha alma que comunica com a tua sem uma palavra ser ouvida! Este silêncio que está entre nós é como um cordão que sai de ti e se junta ao que sai de mim e se tocam, abraçam, rodopiam juntos... vejo-os a dançar! Sim, é verdade! Vejo os dançar. Isso faz-me sentir calor no meu coração. Sinto-me segura! Sei que estás comigo e em mim, como também sei que estou em ti! Aceito-te como és e agradeço o que estás a fazer por ti, por mim e comigo. É muito belo ver-te a rasgar com padrões de educação que me levariam ao medo e à repressão. Vejo-te a assumir comigo um compromisso de amor e liberdade em que me deixas experimentar e expressar o que sinto. Gosto tanto de falar contigo! Gosto tanto que me trates como um ser humano que sente! Gosto tanto que me qualifiques e que me ensines a fazer o que não sei! Gosto tanto quando eu erro e tu não me recriminas com berros mas me acolhes com amor e me mostras que o erro é a aprendizagem! Gosto tanto que te transformes e me permites também transformar!

© Ana Teresa Caridade



psicoterapeuta, criativa, narradora oral, professora

Ana Teresa Caridade, natural de Aveiro, vive em Braga, é professora de Educação Moral e Religiosa Católica, psicoterapeuta, criativa, narradora oral e professora de Hatha Yoga. Acredita que pode compilar e cruzar várias áreas: crescimento pessoal e espiritual, arte e comunidade. Explora a dança, o teatro, a música e a narração oral. Sente necessidade de explorar várias técnicas de psicoterapia.
Outros artigos publicados no Laboratório da fé


Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 23.4.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários