Faças o que fizeres,
o maior de Deus para ti 
é bem maior do que o teu pecado. 
Por muito que te afastes, 
o abraço caloroso do Pai está sempre à tua espera. 
Deus ama-te. 
Sempre. 
E não desiste de te amar 
mesmo quando tu Lhe viras as costas. 
E, por isso, quando voltas, 
Ele está sempre à tua espera.

ConTigo,
Deus de misericórdia e perdão,
as contas fazem-se diferentes.
Ao meu deficit de amor,
Tu respondes sempre
com um amor infinito.
Ensina-me a partilhar
com os outros
um pouco do teu perdão.

«Rezar na Quaresma - Ano C»
© 2013 Rui Alberto
© 2013 Edições Salesianas

— Este texto faz parte do livro «Rezar na Quaresma - Ano C» das Edições Salesianas,
a quem agradecemos a autorização para publicar no «Laboratório da fé»;
qualquer forma de reprodução ou distribuição deste texto precisa de autorização —

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 5.3.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários