Reflexão para a Vigília Pascal

«Pedro pôs-se a caminho e correu para o sepulcro». Nos últimos dias, tivemos oportunidade de acompanhar as diversas reações de Pedro perante os acontecimentos, desde a tentativa em recusar que Jesus lhe lavasse os pés [Quinta-feira Santa], até à tripla negação sobre a sua condição de discípulo [Sexta-feira Santa]. E procuramos ver-nos ao espelho através das suas reações. Percebemos que Pedro representa (pode representar) todos os discípulos daquele tempo e de todos os tempos.
«Pedro pôs-se a caminho e correu para o sepulcro». Entre os discípulos, havia dúvidas sobre a veracidade do que aquelas mulheres acabam de anunciar. Pedro deixa-se interpelar pelo testemunho das mulheres. «Pedro pôs-se a caminho e correu para o sepulcro». Esta é a ação evangelizadora proposta a todos os cristãos, a cada um de nós: testemunhar a nossa fé na ressurreição de Jesus Cristo. Não se trata de fazer com que os outros apenas acreditem no nosso testemunho. É mais do que isso! Trata-se de despertar nos outros a vontade de se porem a caminho, de correrem, para se encontrarem com Jesus Cristo. Só a experiência pessoal pode provocar a verdadeira fé: «Creio em Jesus Cristo [...] [que] ressuscitou ao terceiro dia». 
A Páscoa é o tempo das «aulas práticas». Ao longo da Quaresma participamos no «mestrado em Jesus», recebemos os seus ensinamentos (sete lições magistrais dadas por Jesus). Jesus Cristo mostrou-nos as características do evangelizador, isto é, como ser anunciadores da Boa Nova aos homens e mulheres de hoje. Agora, estas «aulas práticas» duram cinquenta dias (sete semanas), tantos quantos os dias de Páscoa. É tempo de viver os ensinamentos recebidos, em comunidade... na alegria. É tempo de testemunhar a alegria que nasce da fé! 
A Eucaristia faz-nos mergulhar neste mistério admirável da nossa fé! Celebrar a Páscoa é correr para um sepulcro vazio, onde não há nada nem ninguém para ver. E acreditar na capacidade de Cristo ressuscitado viver em nós, fazendo de nós o seu corpo, pelo Espírito Santo.

© Laboratório da fé, 2013

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 31.3.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários