Palavra para hoje: Quinta-feira Santa


«Amou-os até ao fim», como só Deus pode amar. O que o filho faz, também é feito pelo Pai. Quando o Filho se entrega, o Pai também se entrega. Quando o Filho toma o lugar do servo, o Pai, nele e por ele, toma esse lugar. O sacramento do Lava pés e o do corpo e sangue de Cristo manifestam um duplo mistério: Deus é poder infinito de «abaixamento», Jesus é poder infinito de «abaixamento». Os dois são «um»; unidos pelo Espírito. A Eucaristia, onde a presença do Senhor e a relação com o Pai se manifestam na abnegação, alimenta a nossa fé «até que Ele venha». Mas já o vivemos agora, porque as palavras pronunciadas por Jesus — «isto é o meu corpo»; «isto é o meu sangue» — realizam o que exprimem, tal como aconteceu durante a Ceia.

— Ex 12, 1-8.11-14 — Salmo 115 — 1Cor 11, 23-26 — Jo 13, 1-15 —
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 28.3.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários