— Quarta-feira da primeira semana da Quaresma —

— Evangelho segundo Lucas 11, 29-32

Naquele tempo, aglomerava-se uma grande multidão à volta de Jesus e Ele começou a dizer: «Esta geração é uma geração perversa: pede um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal de Jonas. Assim como Jonas foi um sinal para os habitantes de Nínive, assim o será também o Filho do homem para esta geração. No juízo final, a rainha do sul levantar-se-á com os homens desta geração e há-de condená-los, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão; e aqui está quem é maior do que Salomão. No juízo final, os homens de Nínive levantar-se-ão com esta geração e hão-de condená-la, porque fizeram penitência ao ouvir a pregação de Jonas; e aqui está quem é maior do que Jonas».

— Esta geração é uma geração perversa: pede um sinal

Quem é que não se lembra da história de Jonas? Jonas e a baleia...
Este profeta queria livrar-se da missão. Recusa ir a Nínive para ameaçar os ninivitas com a proximidade da destruição da cidade. Algo vai correr mal: embarcou num navio que o levaria a Társis porque não queria ser ele a anunciar o pior aos maus habitantes de Nínive; mas foi atirado ao mar pelos tripulantes. Milagrosamente, salvou-se. Depois disso, obedecendo ao Senhor, desloca-se a Nínive para cumprir a sua missão. Os habitantes convertem-se; Deus não os castiga.
Jesus, que conhece bem as Escrituras, revela à multidão que o rodeia que ele é maior do Jonas. Tenta fazer compreender que se o último apelo conduziu os «maus ninivitas» à conversão, ele próprio deve ser reconhecido pelas pessoas más do seu tempo no apelo à conversão que lhes dirige.
Hoje, entendemos este apelo que Deus nos dirige, a cada um de nós, mas também a toda a Igreja e ao mundo inteiro, para mudar de comportamento, para trabalhar na construção de um mundo mais belo e com pessoas mais felizes? Para o fazer, que obras de justiça e de paz podem ser feitas por nós? E será que há uma conversão a operar na nossa vida pessoal? na nossa vida familiar? nas nossas opções sociais e políticas? na nossa maneira de ser membros ativos do povo de Deus?

Senhor Jesus, eu quero seguir-te.
Ajuda-me a corrigir os comportamentos 
que são um obstáculo à minha vida cristã.

© Denise Lamarche, «Vie Liturgique», Novalis - Bayard Presse Canada inc
© Tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2013
— a utilização ou publicação deste texto precisa da prévia autorização —

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 20.2.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários