— TREZENTOS DIAS A CAMINHAR COM O EVANGELISTA LUCAS —

«Queriam pôr-lhe o nome de Zacarias» (Lucas 1, 59). O imprevisível aconteceu quando se tratou de dar o nome à criança. Normalmente, o rito tinha lugar aquando do nascimento. O evangelista situa-o no oitavo dia do nascimento, no momento da circuncisão. Uma nova religação ao Antigo Testamento: Deus tinha mudado o nome a Abraão no momento em que estabeleceu com ele uma aliança, que ficará assinalada com a circuncisão de todos os seus descendentes (cf. Génesis 17, 5-7). Dar o nome e circuncidar é fazer memória da fidelidade de Deus.



Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 8.2.13 | Sem comentários
Categorias:
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários