— TREZENTOS DIAS A CAMINHAR COM O EVANGELISTA LUCAS —

«Uma virgem chamada Maria que estava noiva de José» (Lucas 1, 27). Naquela época e cultura, os pais podiam casar a filha ainda muito jovem para a proteger de outros possíveis pretendentes que não eram do seu agrado. Nesses casos, a jovem continuava a viver em casa dos pais, mas juridicamente já estava casada. Este tempo de espera podia demorar mais ou menos um ano, por causa da idade ou por motivos económicos. A união matrimonial concluia-se logo que o marido entregasse a totalidade do dote ao pai da noiva.

 
 
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 20.1.13 | Sem comentários
Categorias:
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários