— palavra para quarta-feira, dois de janeiro —

— Evangelho segundo João 1, 19-28

Foi este o testemunho de João Baptista, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntarem: «Quem és tu?» Ele confessou e não negou: «Eu não sou o Messias». Eles perguntaram-lhe: «Então, quem és tu? És Elias?» «Não sou», respondeu ele. «És o Profeta?» Ele respondeu: «Não». Disseram-lhe então: «Quem és tu? Para podermos dar uma resposta àqueles que nos enviaram, que dizes de ti mesmo?» Ele declarou: «Eu sou a voz que clama no deserto: ‘Endireitai o caminho do Senhor’, como disse o profeta Isaías». Entre os enviados havia fariseus que lhe perguntaram: «Então porque baptizas, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?». João respondeu-lhes: «Eu baptizo na água; mas no meio de vós está Alguém que não conheceis: Aquele que vem depois de mim, a quem eu não sou digno de desatar a correia das sandálias». Tudo isto se passou em Betânia, além do Jordão, onde João estava a baptizar. 

— Aquele que vem depois de mim

A grande preocupação dos responsáveis judaicos é saber que título possui João para promover aquelas ações e proferir tais palavras. Não lhes importa saber se João diz verdades ou mentiras. Nem sequer se as suas ações ajudam as pessoas a aproximarem-se de Deus. O poder preocupa-se sempre com os títulos, com os cargos. A importância de uma pessoa consiste em «ganhar» lugar entre os famosos e não em defender a verdade e a justiça!
João não se preocupa com títulos. Ele sabe que é «dom de Deus» cuja missão consiste em ajudar a preparar a vinda do Salvador. Ele não é importante. Importante é «Aquele que vem depois de mim» — afirma-o com toda a clareza e autenticidade. 
O poder (ou o desejo de o alcançar) são o principal obstáculo para a anunciar a presença de Deus na nossa vida. Não faltam pretendentes a «Messias», «Elias», «Profetas»... mas poucos são os que aceitam ser «a voz que clama no deserto». Neste Ano Novo e Ano da Fé estás disposto a ser «dom de Deus» para ajudar os outros a descobrir a presença de Deus na vida e a confiar em Deus?
 
Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 2.1.13 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários