— palavra para quarta-feira da segunda semana de advento —



— Evangelho segundo Mateus 11, 28-30

Naquele tempo, Jesus exclamou: «Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e a minha carga é leve».

— O meu jugo é suave e a minha carga é leve

Um pequeno texto. Um grande ensinamento. Jesus dirige-se a todos. Ninguém é excluído. Bons e maus, todos podem encontrar em Jesus Cristo alívio e descanso. A preocupação de Jesus não se situa no comportamento, mas no sofrimento que cada um experimenta e vive. A todos propõe: «vinde a Mim [...] e Eu vos aliviarei».
O texto revela-nos a profunda humanidade de Jesus Cristo. Na verdade, não há nada mais humano do que ocupar-se do sofrimento dos outros, estabelecer relação com a dor dos que mais sofrem. Jesus Cristo apresenta-se como capaz de «aliviar» o sofrimento e oferecer «descanso». Todavia, há quem prefira uma religião normativa, que exclui, oprime, afasta, obriga a carregar (para sempre) o peso das circunstâncias da vida. E não ajudam a «aliviar» nem a encontrar «descanso». Até parece que ficam satisfeitos em «sobrecarregar» e «cansar» os outros!
O jugo é uma peça de madeira que se coloca sobre a cabeça dos animais para os sujeitar a uma determinada tarefa; também serve para controlar os animais. Pois bem, uma igreja que oprime não pode ser a igreja de Jesus Cristo! E esta é uma das razões que mais afasta as pessoas da alegria da fé. Jesus diz-me para aprender com ele, a fazer o mesmo: oferecer aos outros um jugo suave e uma carga leve!

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 12.12.12 | Sem comentários
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários