Senhor, Tu vens até nós.
Não porque todos Te esperam,
nem pelo grande acolhimento que te dispensamos;
mas pelo grande carinho que tens por nós,
apesar de aqueles que Te esperam e acolhem
serem apenas um «resto»,
um pequeno número de homens e mulheres.

Vens porque amas o mundo,
obra das tuas mãos.

Vens porque desejas cumprir a vontade de teu Pai:
abrir uma janela sobre o mistério,
construir uma ponte entre o céu e a terra.
Tu desces para nós podermos subir.

Vens para nos dizer
que é possível outra forma de vida:
mais aberta a Deus
e mais disponível aos irmãos.  

 Álvaro Ginel 
— tradução de Lopes Morgado —

Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 25.12.12 | Sem comentários
Categorias:
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários