— TREZENTOS DIAS A CAMINHAR COM O EVANGELISTA LUCAS —

A narração dos anúncios da conceção e do nascimento de João Batista e de Jesus está construída em paralelo. Era um recurso literário também própria daquela cultura. Desta forma, pretendia-se apresentar o valor e os méritos dos personagens e também as suas diferenças. Este recurso permitiu ao evangelista expressar a continuidade entre os dois personagens (João e Jesus) e as suas ações, sublinhando a primazia de Jesus. Além da continuidade, também contribui para demonstrar a rutura entre um e outro, no contexto da História da Salvação.


Postado por Marcelino Paulo Ferreira | 30.12.12 | Sem comentários
Categorias:
0 comentários:
Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Recentes
  • Arquivo
  • Comentários